Paes agora é contra ocupar encostas

Em meio às críticas de especialistas sobre o risco que representaria a criação de regras mais liberais para ocupação das encostas – elas poderiam ficar mais frágeis, aumentando a ameaça de deslizamentos -, o prefeito Eduardo Paes voltou atrás em relação à defesa da emenda ao Plano Diretor que permitia a abertura de novas ruas nos morros do Rio. Paes disse, por intermédio de sua assessoria, que está revendo a medida. A tendência é que o governo defenda a permanência das regras atuais, pelas quais é proibido construir novas ruas acima da chamada cota de 60 metros (calculada a partir do nível do mar). Na prática, isso limita a ocupação das encostas a casas.

A emenda, que havia sido apresentada pela Secretaria municipal de Urbanismo, previa a proibição apenas a partir da cota de 100 metros. A sugestão, porém, não tinha unanimidade da prefeitura: em audiência na Câmara, um assessor da Secretaria de Meio Ambiente defendeu abertamente a manutenção das regras atuais e, por causa disso, chegou a ser desautorizado por Paes. A regra que valerá – se cota 60 ou 100 – será discutida mês que vem na Comissão de Revisão do plano. Ontem, o vereador Jorge Pereira (PTdoB) disse já ter quatro votos favoráveis, dos cinco necessários à manutenção da cota 60.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Plano Diretor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s