Chapéu Mangueira e Babilônia passam por choque de cidadania

Rio de Janeiro (Agência Rio) – As comunidades do Chapéu Mangueira e Babilônia, no Leme, na Zona Sul do Rio de Janeiro, recebem a operação Limpa Alto Leme, que pretende promover um choque de cidadania nas duas comunidades, está sendo liderada pelas associações dos Amigos do Chapéu Mangueira e de Moradores da Babilônia. A Secretaria de Conservação participa da iniciativa, por meio da Comlurb.

O trabalho de apoio da Comlurb inclui a instalação de novas papeleiras e a promoção de ações de conscientização junto aos moradores, com a distribuição de folhetos educativos orientando para que o lixo não seja descartado nas encostas. Além disso, haverá performance do grupo Chegando de Surpresa sobre a importância da preservação da limpeza urbana.

Também durante o mutirão, a Comlurb instalará um Molok – contêiner de polietileno de alta densidade, com 2,70 m de altura, dos quais 1,60 m ficam enterrados no solo e somente 1,10 m ficam aparentes – na Babilônia e reformará o Molok já existente no Chapéu Mangueira.

Atualmente, os moradores do Chapéu Mangueira e do Babilônia contam com o trabalho regular de garis da Comlurb, assim como das equipes técnicas da Rioluz e Coordenadoria Geral de Conservação (CGC).

“O objetivo da Prefeitura é participar ativamente deste novo e histórico momento da vida da cidade. Os serviços públicos municipais chegarão a todas as comunidades do Rio, começando pelas áreas já atendidas pelas UPPs. A participação dos moradores é fundamental para o esforço de limpeza de suas comunidades”, afirmou o secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osorio.

O “Limpa Alto Leme”, é uma das iniciativas do projeto que pretende levar às comunidades do Rio, já pacificadas pelas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), a capacidade de construir um ambiente melhor para o futuro, com a realização dos Jogos Olímpicos de 2016, a partir da união do poder público, sociedade civil e iniciativa privada. O mutirão tem o apoio do Comitê para a Democratização da Informática (CDI), a Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos e a Secretaria Municipal de Saúde e a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Comunidade popular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s