Pacote Olímpico:Emenda restringe uso de novas construções em Copacabana

Rio – A emenda da vereadora Liliam Sá (PR) ao Projeto de Lei Complementar 44/2010, do Pacote Olímpico, que garante que os hotéis que deverão ser construídos em Copacabana só sejam usados com serviços de hospedagem mesmo após os jogos foi aprovada, na última quinta-feira.

O objetivo do projeto é impedir que após os jogos os hotéis se transformem em quitinetes desorganizadas, as famosas “cabeças de porco”, e até em casas de prostituição. Vale lembrar que Copacabana já está com a população saturada e atrai prostituição. A densidade populacional do bairro é uma das mais altas do mundo: são 35.858 habitantes por quilômetro quadrado, segundo dados de 2000 do IBGE.

Embora o projeto do Executivo proíba que os quartos dos hotéis sejam vendidos separadamente, Liliam Sá teme que, depois de vendido o prédio do hotel, seus quartos sejam alugados separadamente.

Fonte: O Dia

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Megaeventos, Plano Diretor, Projeto Urbanístico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s