Das 19 estações para aluguel de bicicleta no Rio, 13 não funcionam adequadamente

O projeto Pedala Rio, que integra o sistema de Bicicletas Públicas Samba (Solução Alternativa para a Mobilidade por Bicicletas de Aluguel), enfrenta problemas. Das 19 estações em funcionamento espalhadas ao longo da orla da zona sul, 13 não estão funcionando de forma adequada, como a imagem acima disponibilizada pelo site http://www.mobilicidade.com.br confirma.

O programa tem por objetivo alugar, com baixo custo, bicicletas aos moradores e turistas para aumentar a utilização de veículos considerados mais sustentáveis, melhorando assim a qualidade do ar na cidade e também proporcionando qualidade de vida para a população.

O sistema, inspirado no Vélib francês – que conseguiu criar o hábito com bastante sucesso entre os franceses – em terras cariocas não teve o mesmo êxito. Operado pela empresa Serttel, que tem a concessão do serviço, e licitado pela prefeitura, o programa foi lançado em janeiro de 2009, com previsão de implantação de até 50 estações e 500 a 1000 bicicletas, nos bairros de: Copacabana, Leblon, Ipanema, Lagoa, Botafogo, Flamengo, Centro e Tijuca. As 19 estações implantadas ficam nos bairros de Copacabana, Leblon, Ipanema e Lagoa.

Fonte: R7

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em AMBIENTE URBANO, Ciclovia, Cidades sustentáveis, Ideia sustentável, Metrô

Os comentários estão desativados.