Associação de Hotéis garante hospedagens para Rio+20

A dois meses e meio da Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, quase 12 mil quartos da hotelaria carioca estão não só reservados como contratados pelo Comitê Nacional de Organização (CNO), resultado que inclui os 70% da oferta nos empreendimentos 5 e 4 estrelas, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ). Os números aliviam a preocupação de que não poderia haver quartos disponíveis para os dois encontros.

“O Rio de Janeiro é um destino turístico de interesse mundial, o que leva a uma circulação turística ao longo do ano todo e não é possível, durante a Rio+20, desprezarmos esse público em viagens de lazer previamente programadas para o mesmo período. Assim como não é viável renunciar a todos os contratos corporativos que atraem, mensalmente, milhares de empresários e executivos à capital fluminense em função do desenvolvimento e fortalecimento de nossa economia”, disse o Presidente da ABIH-RJ, Alfredo Lopes.

Diante das reservas confirmadas, a ABIH-RJ prevê uma ocupação próxima a 95% no período da conferência, sendo 80% dos bloqueios relacionados ao Itamaraty. Muitos eventos previamente agendados no Rio foram realocados em função da mudança de data da conferência mundial de meio ambiente, alguns deles, inclusive, migraram para outros países. Segundo Lopes, a hotelaria vem realizando esforços para liberar o máximo possível de quartos para a acomodação confortável dos participantes da Rio+20.

“Sabemos que a Rio+20 precede outros relevantes eventos mundiais, como a Jornada Mundial da Juventude e a Copa das Confederações já em 2013, a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Conscientes dessa demanda crescente, a indústria hoteleira vem investindo não apenas em novos empreendimentos como, também, em renovações e ampliações dos hotéis já instalados, atraindo, inclusive, importantes redes internacionais para a nossa cidade que, passo a passo, retoma o direito de ser reconhecida como ‘maravilhosa'”.

Até 2016, entrarão em operação aproximadamente 10 mil novas unidades de hospedagem. A associação estima ainda que cerca de 36 novos hotéis serão construídos no Estado do Rio de Janeiro até as Olimpíadas, sendo 17 deles somente na capital, com previsão de conclusão até 2014. Em 2011, 500 novos quartos entraram em operação. Para 2012, a previsão, segundo a Secretaria de Urbanismo do Município do Rio, é de que 5.800 mil novos quartos comecem a ser construídos. Vale lembrar os “esqueletos” que foram licitados e igualmente entrarão em operação nos próximos anos, como o Hotel Nacional, Paineiras e São Conrado Tourist, somando quase dois mil quartos.

“A indústria hoteleira está empenhada não somente em ampliar os investimentos na construção de hotéis, como garantir a sustentabilidade do setor em todos os níveis. Para crescer a oferta de hospedagem, o primeiro passo é investir em pessoas, já que nossa atividade está apoiada na excelência dos serviços que prestamos. Destacamos, ainda, o comprometimento e parceria com os três níveis governamentais – federal, estadual e municipal – envolvidos na organização da Rio+20, em um empenho conjunto para que o Rio de Janeiro e o Brasil apresentem a melhor estrutura de receptivo que está ao nosso alcance oferecer”, disse Lopes.

Portal SRZD

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Copa Mundial 2014 e Jogos Olímpicos 2016, Hotelaria, Rio + 20

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s