Copacabana Palace faz reforma de R$ 30 milhões e fechará por 90 dias

No fim de junho, no dia seguinte ao Rio + 20, o Copacabana Palace fechará seu prédio principal para extensas reformas pelo período de 90 dias. O projeto, estimado em R$ 30 milhões, prevê a ampliação do lobby e a renovação da maioria dos banheiros localizados no edifício. Uma equipe de cerca de 300 operários trabalhará em três turnos, sete dias por semana, para que o hotel esteja pronto dentro do prazo previsto. Durante as obras, o prédio Anexo, com 96 apartamentos, permanecerá em funcionamento, assim como o spa, a piscina, os restaurantes Cipriani e Pérgula e os salões Copacabana. O acesso ao hotel, durante a reforma, continuará sendo através da Avenida Atlântica, ao lado do Restaurante Pérgula.

“Desde que a Orient-Express assumiu o Copacabana Palace, em 1989, promovemos constantes melhorias. Encerraremos 2012 com o hotel inteiramente reformado, dentro dos altíssimos padrões da companhia”, resume o diretor-superintendente, Philip Carruthers. O projeto está a cargo do arquiteto francês Michel Jouannet, responsável por todas as reformas no hotel.

As maiores mudanças serão feitas nos banheiros dos andares mais baixos do prédio principal, onde cerca de 90 unidades, ou 60% do número total, sofrerão ampliação de metragem e reformas estruturais e de layout. Haverá a instalação de banheiras esmaltadas de origem alemã – separadas do chuveiro – e de bancadas de mármore com pias duplas. Mudarão também o projeto de iluminação, o mobiliário e aparelhos de ar condicionado.

No lobby, o objetivo é aumentar sua área em 60%, o que dará mais conforto ao hóspede nos horários de maior movimento. O novo espaço também atenderá as exigências das normas de acessibilidade, que, hoje, não podem ser inteiramente cumpridas. “Vamos além do que a lei prevê, sem sacrificar a estética do ambiente”, antecipa Carruthers. Na entrada do hotel será construída uma marquise em vidro e aço para dar proteção contra a chuva no embarque e desembarque dos hóspedes, e aumentar uma curvatura para facilitar a passagem de dois automóveis ao mesmo tempo.

“O Copacabana Palace foi idealizado para se tornar um ícone na rede hoteleira do país, abrindo as suas portas pela primeira vez ao público em 1923. Nosso compromisso é zelar pela conservação e permanente evolução deste patrimônio da cidade, e esta obra é um importante passo neste processo”, afirma o diretor superintendente.

Por: Luiz Marcos Fernandes – Mercados e Eventos

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Hotelaria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s