OS POSTOS DE SALVAMENTO


Posto anos 30

 

Posto do começo do sec. XX

 

Posto 5

Os seis postos de salvamento instalados ao longo da Praia de Copacabana, numerados a partir do Leme em direção do Forte de Copacabana, tiveram grande importância para o bairro, pois serviram com referência aos logradouros existentes nas suas proximidades.

A faixa imaginária de terreno que começa na praia e se estende para o interior do bairro adota o nome do posto, chegando, muitas vezes, através de um exercício de abstração, compreendido por todos os cariocas, de acrescentar-se a palavra ‘ meio”, para as áreas intermediárias, situadas entre dois pontos.

Posto de Salvamento 1910

O primeiro posto de salvamento no bairro de Copacabana, foi com a construção de um barracão de madeira,  que foi inaugurado em 1900, com o nome de Sociedade de Socorro Balneários.

Em 1929, os postos de observação para evitar afogamentos dos banhistas, altos postes de madeira com plataforma gradeadas no topo, foram substituídos por postos de concreto armado, dando melhores condições de trabalho aos guarda-vidas do Corpo de Salvamento, criado em 1917.

Em 1937, os postos de salvamento foram reestruturados, com construções modernal em estilo art-decô, com alto-falantes para transmissão de aulas e ginástica, notícias e músicas. Para cada posto construído nas praia do Leme, Copacabana, Ipanema e Leblon, existia um barco com três tripulantes destinados ao serviço de salvamento.

Após 1970, surge, então um novo modelo e que serviu de padrão para toda a orla. Dispunha de um bar, no térreo, e de um ‘escritório’ (com telefone) que se alcançava por uma escada lateral, banheiros e um chuveiro público sob o deque. Tinha, também, um relógio que podia ser visto da praia.

Publicidade no Posto

O número do posto, em vermelho, ficava grande e visível sobre a construção toda cinza e holofotes redondos e grandes, igualmente vermelhos, complementavam a lateral. A cor vermelha se relacionava com o Corpo de Bombeiros, que administravam os postos.

Em 1992/93, o posto deu destaque à marca da Prefeitura e do Corpo de Bombeiros e a faixa superior da construção, definitivamente passou a ser usada como grande outdoor.

A partir de 2001, nova modificação no visual dos postos, mas desta feita cumprindo a lei das posturas municipais, que proibe publicidade na orla. Então a faixa passou a exibir fotos turísticas da cidade, com a nova padronização visual da Prefeitura – marca e cores.

Reurbanização dos 27 Postos de Salvamento existentes na orla marítima carioca, encontram-se hoje sob a administração da COMLURB, passando em 2010 para a Concessionário Orla Rio.

Novo projeto da Orla Rio

 

Anúncios

3 Respostas para “OS POSTOS DE SALVAMENTO

  1. Pingback: When Postos were actual posts | Rio Then

  2. esther

    Eu nao sei o nome e dois deles que me swlvarào obrigado mesmo … foi super rapido

  3. congratulations, you have very good writing skills, appreciated your work. lista de email lista de email lista de email lista de email lista de email

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s